sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Com Jau na contramão do meu coração


Às vezes ando na contra-mão do meu coração e para curar a perna bamba me apoio onde não queria. Difícil é entender como alguém te olha com tanta docura, te abraça com tanto carinho e te deixa escorrer entre dedos para os braços de outro alguém.
Porque o coração é um ser independente que vive no corpo da gente, ele bate pra quem quer e a gente que se vire pra sobreviver na contramão do que ele diz.
Nessa batida descompassada vou dançando ao som de Jau, brincando de carnaval na praça do Pelourinho. Afrodisíaco para a alma, mas que não engana o meu independente coração.
Enquanto os corações não se decidem, a gente brinca de ser feliz.

Eu e Alê no Ensaio de Jau, 15-10-09, Praça Tereza Batista, Pelourinho, Salvador-Ba. Bom demais! Quem vier à Bahia nesse verão tem que colocar na lista de pontos turísticos e os baianos não podem perder.

3 comentários:

Luciana Guimarães disse...

Hummmm!!! Eu não fui! Snif...

Alexsandra Moreira disse...

Ficamos lindonas e o show foi maaaaaaara...

Iremos muitas vezes...
bj

Geovana disse...

Pois é Lú, tomava um energético e aí era só alegria...

Alê, quando vai ser o próximo mesmo? Acho que vamos ser mensalistas no estacionamento...KKKKKK