terça-feira, 21 de julho de 2009

Por que algumas pessoas nos tiram do sério?

Estou profundamente irritada... irritada é pouco...arrependida. Parafraseando aquele grupo do meu tempo... Tô P da vida.

Tem uma figura que apareceu no meu mundo pra duas coisas: me fazer rir e me irritar e é incrível como consegue isso com facilidade. A pessoa desde ontem me diz desaforos, faz cena de decepcionado. Não tem nem um mês que nos conhecemos, somos apenas colegas. Nem meus amigos mais íntimos me cobra assim, como é que vem essa criatura pra me dizer desaforos?

Olha que dou um boi pra não brigar, então mandei um email gentil(me esforcei, juro) dizendo pra pararmos de brigas. A pessoa respondeu? Claro que não! Ainda finalizou a conversa no gatalk com descaso. Estou arrependida de ter estendido a bandeira e ter sido tão delicada. Deveria ter deixado meu lado "menino rude" falar livremente.

O pior é que não consigo simplesmente ignorar a criatura, mandar ela pra PQP, TNC e pronto!

Por que algumas pessoas nos tiram tanto do sério? Acho que estou na TPM... será? hunf...

8 comentários:

Elaine disse...

Olá!
Imagino o seu email!!!
Mas tem mesmo gente capaz de deixar qualquer um irritado até dizer chega...
Mas vai passar, né?
Beijos.
Ah, amanhã minha irmã vai ao médico novamente. Ainda não sabemos o que é o baby, quem sabe amanhã, né?
Fique com Deus.

Rosangela disse...

hehe...Não é tpm não, é que ele enche o saco mesmo (rs).
Mas apesar de chato e infantil, ele é uma boa pessoa :)

Geovana disse...

Elaine, o bom é saber que sua irmã e o baby estão bem. Deixe sempre notícias aqui.
Beijos.

Rosinha, vc é amiga, fica defendendo, não vale....ehehe...

Alexsandra Moreira disse...

Hahahahha, prefiro não comentar... tb sou amiga.

bj

Geovana disse...

Pois é... Alê... vc bem sabe a minha chateação... mas gostei de amenizá-la com aquele caldinho de Sururú, viu?

Só tô ficando mal acostuamada... cinemana na segunda, sururú na terça... almoço na quarta... Tô gostando.

Cristiane A. Fetter disse...

é nao tem jeito, para mim isto vem de outras vidas, rs.
bjks

sergio.ricardo disse...

Queridas...

Entrei nesse famoso blog para defender a pessoa em questão, do texto denominado 'POR QUE ALGUMAS PESSOAS NOS TIRAM DO SÉRIO ?', publicado pela senhora GEOVANA PRAZERES (hummm), alvo de julgamento INJUSTO E SUMÁRIO.

Como seu nome sequer foi citado, o tratarei de agora em diante apenas como meu 'cliente', de modo a facilitar ao máximo a comunicação e o entendimento da platéia feminina, que parece dominar este espaço virtual.

Em primeiro lugar, a senhora ROSANGELA acusa meu cliente de 'chato e infantil'. Isso é uma INVERDADE meritíssimo. A dita senhora não tem altura para dizer isso (estou falando da altura moral, para que fique claro nos autos)... Ela, que mantém seu conjugue em cárcere privado, fazendo-o lavar pratos, lavar e passar roupas, fazer comida... E, pásmem meritissimo, transformando a SAGRADA cadeira do papai em... em... em CADEIRA DA MAMÃE !!! Inaceitável !!

Meritissimo, devo dizer que meu cliente é um cidadão de primeira categoria, de conduta ilibada, respeitador da moral e dos bons costumes. Sim, eu, digo, MEU CLIENTE gosta muito de jogar playstation 2, e odeia que faltem ao seu aniversário (principalmente quando prometeram ir). Mas e dai ? Isso o torna infantil ? Ou muito menos chato ? Claro que não...

O que vem agora ? Ah, sim ! A senhora que se absteve de comentar... A famosa ALEXSANDRA... Ou devo chamá-a pelo vulgo de ZEFERINA ? Ou pelo vulgo de SET (ou TRANSALVADOR, caso queiram)... Ou de costumaz COOPTADORA DE MENORES !!!! Que mais posso dizer dessa senhora, meritíssimo ? Melhor que essa testemunha fique mesmo em silêncio...

Meritíssimo, até mesmo para as bandas do espiritismo e de assuntos cármicos essas senhoras apelaram, no claro objetivo de tentar sujar a imagem respeitosa do meu cliente, citado até como 'MENINO RUDE' pela blogueira em altos brados.

Portanto, caro magistrado... caros jurados... Peço que a justiça seja feita... Peço que absolvam meu cliente das infâmias aqui ditas... E que Deus tenha piedade das suas almas...

E tenho dito.

Sérgio Ricardo

Geovana disse...

Devo dizer, caro amigo Sérgio, que não pode ser advogado de si mesmo, se bem que com estes argumentos não há causa ganha. Explicarei:

Meu amigo Alexandre anda com sorriso de orelha a orelha com a pessoa exemplar que encontrou para viver eternamente. Rosinha, inclusive, não usa a cadeira do papai porque Alexandre não desgruda de lá.

Quanto à minha amiga Alexsandra, não consta nenhuma multa em seu nome, fato que comprova a excelente motorista que é. Se alguma multa existir sobre o veículo, com certeza é do antigo dono.

Considerando que contra fatos não há argumentos, aconselho que entre num acordo e seja sempre nosso amigo querido como sempre foi e assim sempre deverá ser.

Sem mais palavras, um grande abraço.

Geovana "Prazeres".

Ps.: Todas as resposta não passam de felizes brincadeiras... felizmente essa pessoa, apesar de todos os defeitos, é muito especial.