segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Mais soluções e menos problemas

Não sei se já perceberam, mas tenho verdadeiro amor por animais e muito jeito pra me comunicar e cuidar eles. Por isso, sempre que vejo um animal agonizando não consigo deixá-lo na rua; pego, cuido e em pouco tempo está lindo novamente.

Já me lamentei, critiquei o governo, briguei com Deus dizendo que não ia mais ajudar, pedi pra ganhar na mega-senna e antes de perder o fôlego e desistir, cheguei a uma conclusão: Preciso começar ajudar de verdade! Como?

A partir desta reflexão, encontrei uma possível resposta: Só conseguirei ajudar os animais a longo prazo, fazendo com que as fêmeas reproduzam cada vez menos. Preciso incentivar a utilização do INIBIDEX (anticoncepcional) e da esterilização. Então surgiu mais uma pergunta: Como?

Neste momento veio a luz Divina: Por acaso, vi no mural do meu trabalho um colega vendendo uma rifa para ajudar a ONG Arca de Noé. Fui lá comprar uns bilhetes e começamos a conversar. Após a conversa, resolvi procurar a ONG na internet e encontrei outras organizações; entrei num grupo e lá está a solução: CÉLULA MÃE!

A CÉLULA MÃE é uma ONG que funciona na faculdade de veterinária da UNIME e faz a esterilização de animais por preços baixíssimos, só cobra mesmo o custo. Tenho certeza que ajudando esta ONG, tanto financeiramente quanto ajudando a cuidar dos animais estarei começando a trabalhar para que tantos animais deixem de perambular pelas ruas. Talvez nem todas as pessoas tenham jeito com animais, mas tenho certeza que todos gostariam de vê-los bem. Achei uma conta em nome da instituição e estou repassando: Associação de Proteção Animal Célula Mãe (CNPJ: 07.819.419/0001-19); Banco do Brasil, AG: 3459-2, CC: 11996-2. Quem quiser, também pode ajudar. Uma das responsáveis é Janaína ((71)8835-4097).

A cada dia chego mais à seguinte conclusão: Quando realmente algo nos incomoda temos que reagir buscando soluções. De nada adianta lamentações e revoltas porque os problemas não vão embora desta forma. Quando nos lamentamos, nos ligamos no problema que não na solução, ou então vemos uma solução individual que necessite de muito dinheiro. Precisamos começar aos poucos, caminhando um passo após outro até percebermos que o que nos incomoda está acabando e que tantas outras pessoas também fazem um pouqinho e se torna muito.

3 comentários:

Sonhos de Crochê disse...

Geo que susto tu me deu! esta "tua" Princesa aí do lado é igual a minha Princesa que faleceu (Hepatite)no mês passado. Se minha filha visse esta foto ia ser o chororô. Que saudade!! Aqui onde moro tem um Centro de Zoonose que esteriliza cães e gatos gratuitamente.
Que bom que você está a cada dia mais engajada. Parabéns!!!!
Beijo
Rita

Geo disse...

Pena que não mora em SSA, sua filha poderia ter outra Princesa. Espero que adote outro bichinho.

Cristiane A. Fetter disse...

Oi Geo, vim aqui agradecer a sua visita em nosso blog e sua participação no meu post.
Apareça sempre que quiser e deixe suas opiniões.
Abraços