sexta-feira, 8 de maio de 2009

Chapada Diamantina - Segundo Dia

Na noite de sexta-feira, Ednara, uma nova amiga, marcou de me chamar às 06 da manhã para curtir o sol nas margens do Paraguassú. De tão acostumada com o descompromisso do baiano (infelizmente é verdade) eu nem acreditei que ela iria, mesmo assim acordei cedo e comecei a me arrumar. Ela bateu na porta exatamente às 06 da manhã, mulher retada! Acordei Rafa que acordou Rafa Jr e fomos os 04 para o batismo no rio Paraguassú. Água limpa e fria, bem gostosa. Melhor ainda foi o solzinho frio
da manhã. Depois do banho de rio ainda curtimos a piscina do hotel até 7:30 quando subimos para o café.
Amanhecer no Rio Paraguassú - Foto Ednara


Todos no Paraguassú - Montagem de Fotos de Ednara e Geovana

Após o café, o grupo se reuniu para o passeio, cujo destino foi o famoso Morro do Pai Inácio que tem vista para o Morro das Três Irmãs. Seguimos de ônibus na maior cantoria, até a base do morro, de onde caminhamos e escalamos até o cume. A vista é linda, mas o melhor é o desafio de subir o morro entre os degraus irregulares e naturais formados por pedras. O vento frio que amenizava o calor da subida e a vista dos diversos pontos da subida do morro o tornam ainda melhor. É cobrado um valor simbólico para ajudar os guias locais.

Rafael no Morro do Pai Inácio - Foto Geovana Costa

Ao chegar na base, os guias locais contaram a história de Inácio, um escravo de confiança do senhor. Inácio era belo e forte, o que atraiu os olhares da sinhá, filha do senhor....Pensou que eu contaria tudo? Visitem o Morro do Pai Inácio e conheçam a história porque é uma parte bem interessante do passeio.

Rosane, Geovana, Rosinha, Ednara, Joelma - Escalando o Pai Inácio - Foto Edmilson


Vista do Pai Inácio - Foto Júnior


Vista do Morro - Este é Júnior, o fotógrafo oficial do evento

Do morro seguimos de ônibus para a Pratinha, uma fazenda com piscinas naturais de águas cristalinas, grutas para flutuação e visitação. Lá fizemos a tirolesa e muitos fizeram a flutuação. O lugar tem boa infraestrutura. Restaurante, lanchonete, banheiro e tudo mais para um bom passeio. Para melhorar poderia ter armários para guardarmos os pertences e máquina para débito/crédito porque o gasto por lá é grande. Paga-se R$10,00 para entrar, R$5,00 para cada caída de tirolesa (a vontade é cair várias vezes) e R$15,00 para a flutuação. O almoço foi a R$20,00 o quilo.

Pratinha - Tirolesa (Rosinha e Ednara), Flutuação e Rafa com uma cadelinha - Fotos diversas

Estava previsto a ida para o Poço do Diabo, mas devido à empolgação e ao grande movimento na Pratinha, ficamos lá a tarde quase toda. Final da tarde seguimos para Lençóis, a cidade mais conhecida da Chapada Diamantina. Lá pudemos ver alguns artesanatos e as casinhas no estilo muito parecido com o recôncavo, umas coladas às outras, todas pintadas em tons pastéis. Lençóis tem um rio de pedras muito bonito cortando a cidade.
Alexandre em Lençóis - Foto Rosinha

De volta ao hotel, jantamos, nos arrumamos e descemos para o luau. Na falta de tocador melhor (Alexandre e Rosinha amarelaram e foram dormir), eu improvisei até Tom chegar. Fiz a "abertura do show" junto com as "Ed Cats", Ednara, Rosane (irmã de Rosinha) e Joelma. O bom é que elas cantavam tão afinadas que ninguém nem notava as escorregadas no violão.

Geovana tocando, Tom tocando, EdCats, Galera - Fotos diversas

Fim do luau, hora de dormir para o último dia de passeio, o famoso Poço Azul, tema do Globo Repórter.

8 comentários:

Alexsandra Moreira disse...

Ó céus... vontade de me esbofetear...

bjs

Tombazana disse...

Amiga, lindos esses lugares!
É bom sentir que estão se divertindo!

Beijinhos muitos

Geovana disse...

Alê, até novembro tem novamente. Vai juntando a grana e a gente vai juntas.

Tombazana, o lugar é bonito mesmo, só não é mais bonito que as paisagens do seu blog.

Abraços.

Nara disse...

esse dia foi perfeito.. simplesmente curti cada minuto dele.. :)
subir o Pai Inácio eu recomento a todos.. é muito bom.. é lindo.. é gostoso.. la em cima a sensacao é de paz total..

Elaine disse...

Olá!
Geovana, que clima mais gostoso as fotos passam! Repôs as energias, né?
E muito obrigada pelas palavras no blog; saiba que seus conselhos foram ouvidos e acatados(na medida do possível).
Bom final de semana, querida.

Rita de Cassia disse...

Mulher..... tu comeste o fruto da palma ou é mandacarú. Aqui em casa é mandacaru mas ninguém teve coragem de comer.
Prefiro um delicioso arrumadinho, que da próxima vez vou fazer com purê como disseste.
Conta mais.
Ah! Se o banco for macio eu não levanto de lá nem tão cedo....
bj

Geovana disse...

Rita, já fiz a errada. Obrigada...

Turma... beijos!

Roque Medeiros disse...

Eu adoro chapada também