sábado, 13 de setembro de 2008

Um novo membro....

Às vezes Deus coloca algo em minha frente e digo:

- Poxa Deus, agora não, já estou cansada deste mundo, de tanto animal abandonado, tantas crianças passando necessidade. Sinto muito, mas eu não vou fazer, peça a outra pessoa.

Outra vezes Ele simplesmente ordena e não dá pra dizer não. Não há nem tempo pra argumentar.

Esses dias entendi porque Deus é pai; é porque com os pais também é assim. Sabemos exatamente quando podemos ou não argumentar e quando eles realmente precisam de nós.

Sempre passeio com Branca e Susi na direção da Saúde, mas quianta-feira resolvi passaer pelo Vale de Nazaré. Quando olho pra frente vejo uma coisinha amarela e branca, quase sendo atropelada. Peguei no colo e levei pra casa. É uma cadela vira-lata legítima de uns 04 meses. Não sei o que vou fazer com ela, mas se Deus disse pra eu pegar é porque Ele tem bons plantos, então quando esse plano se concretizar contarei aqui. Nunca peguei um animal que eu não encontrasse um adotante.

5 comentários:

Alexsandra Moreira disse...

Eita coração bom que tu tem mulher...
bj

Carla Beatriz disse...

Oi Geo,

Eu não cheguei a comentar no blog, mas eu encontrei um cachorrinho filhote perdido na rua no fim de agosto e levei para casa. Fiquei menos de 10 dias com ele em casa, pois consegui doá-lo para uma família. :-)

Parabéns pela iniciativa de levar a cachorrinha para casa! Espero que vc consiga um lar em breve para ela! ;-)

Beijos mil

Carla Beatriz disse...

Oi Geo,

Eu não cheguei a comentar no blog, mas eu encontrei um cachorrinho filhote perdido na rua no fim de agosto e levei para casa. Fiquei menos de 10 dias com ele em casa, pois consegui doá-lo para uma família. :-)

Parabéns pela iniciativa de levar a cachorrinha para casa! Espero que vc consiga um lar em breve para ela! ;-)

Beijos mil

Geovana disse...

Alê, o coração de cada um de nós derrete por alguns motivos. Somos todos bons, embora alguns pensadores queiram nos convencer do contrário.

Carla, é isso aí. Sempre tem alguém precisando de um bichinho para poder amar e ser amado. Que bom que fez a sua parte.

Abraços às duas.

Sofifaruk disse...

É verdade Geova, como se costuma dizer em Portugal: "Até já enjoa"!
Mas o que se pode fazer?! Além do que já fazemos? O problema é que ainda existem pessoas neste mundo que conseguem abandonar os animais, e eu pergunto-me como é possível fazer uma coisa dessas, como é possível ter sangue frio para isso?
Acho que a essas pessoas deveria acontecer o mesmo, serem abandonadas num sitio onde não tivessem nada e ficarem lá até...nem sei, acho que mesmo muitas pessoas até morrer á fome e sede como muitos animais.