segunda-feira, 28 de abril de 2008

Comportamento Geral

No nome dessa música é "Comportamento Geral", ou seja, não adianta achar que não é com você. A música é um recado a todos nós, brasileiros que nos contentamos com pouco, acreditamos que "o pouco com Deus é muito", "filho de peão será sempre peão", "melhor ganhar pouco do que não ter trabalho", etc etc etc... então fica aí a reflexão do dia para todos nós. Para todos nós que achamos que a revolução já ocorreu e não percebemos que ela se faz a cada dia, a cada voto, a cada degrau alcançado...

E VC, MERECE?

Você deve notar que não tem mais tutu
e dizer que não está preocupado
você deve lutar pela xêpa da feira
e dizer que está recompensado
você deve rezar pelo bem do patrão
e dizer: "tudo tem melhorado"
você merece, você merece
tudo vai bem, tudo legal
cerveja, samba, e amanhã, seu zé
se acabarem com teu carnaval?
você deve aprender a baixar a cabeça
e dizer sempre: "muito obrigado"
são palavras que ainda te deixam dizer
por ser homem bem disciplinado
deve pois só fazer pelo bem da nação
tudo aquilo que for ordenado
pra ganhar um fuscão no juízo final
e diploma de bem comportado
você merece, você merece
tudo vai bem, tudo legal
cerveja, samba, e amanhã, seu zé
se acabarem com teu carnaval?
(Gonzaguinha)

Fonte: http://www.musica.com/letras.asp?letra=23371
Imagem: http://www.rahapen.org/brasil2005carvanaval5.jpg

2 comentários:

Sonhos de Crochê disse...

Logo no início do meu curso de psicologia, uma de nossas colegas que era professora do estado, nos trouxe um texto que estava sendo distribuído com os professores para eles trabalharem em sala. O texto era sobre um menino que ia até uma mercearia. Ficou entendido ou subentendido que estavam ensinando nas crianças a "aceitarem" o que lhes eram dito sem reclamar ou pelo menos achar ruím. E olha que isso em mil novecentos e oitenta e..... nem lembro mais.

Geo disse...

Imagine que mostrei esse texto a meu sobrinho de 16 anos e ele, ensinado a ser obediente e temente a Deus, não entendeu as entrelinhas. Então disse a ele que não deveria aceitar pouco da vida, que vir de baixo não significa ficar embaixo gerações após gerações. Que, assim como o empregado precisa do emprego, o patrão precisa da qualificação e do serviço do empregado e por isso ele Nunca deve baixar a cabeça nem aceitar migalhas. Queria muito que todos os jovens, principalmente os jovens, percebessem isso.